Sobre

Em 2010 começou minha paixão por livros e pela escrita. Participava da comunidade Histórias de Terror no orkut, pra mim, ainda era a rede social do momento. Lá, comecei o conto Criatura da Noite, que ficou maior do que eu esperava e há quem chame de livro. Esse conto cativou várias pessoas de lá, que pediam a continuação o tempo todo. Lembro que comecei em 2010 e terminei o “conto” em novembro de 2011. Hoje, leio o que escrevi e percebo coisas que eu podia acrescentar e retirar.

Em conjunto com esse conto novas ideias foram surgindo e fuçando no google, achei o Recanto das Letras, no qual me inscrevi. Porém, postar apenas 3 textos por dia, fez com que eu criasse esse blog. No começo Mansão dos Contos. Um tempo depois Casarão dos Contos. Há, um ano ou pouco mais decidi sair da área imobiliária e troquei o nome para Contásticos. Uma aglutinação entre Contos e Fantásticos. Criei o template no Blogger e segui por lá um bom tempo. Há poucos dias, resolvi experimentar o WordPress, que a facilidade de personalizar é menor que o Blogger, porém ele dá uma cara mais profissional.

No começo pretendia apenas postar contos meus, mas pensei que seria muito legal divulgar outros autores, mostrar o que a literatura brasileira tem a oferecer de melhor. Já ouvi por diversas vezes que escritor brasileiro é ruim, mas Martha Argel, Nazarethe Fonseca, Walter Tierno, Giulia Moon, Brian Oliveira Lancaster, dentre outros, provam o contrário.

Quanto a direitos autorais, os textos pertencem aos autores, o blog não tem em seu objetivo se apropriar de nada.

 

Equipe Contásticos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s